Instituto Mamirauá na COP 27

Publicado em: 21 de novembro de 2022



Cenas dos projetos realizados pelo IDSM na Amazônia são destaque em vídeo de realidade virtual e fazem sucesso entre os participantes da COP 27

Texto: Augusto Gomes com informações da SECOM/MCTI.

Mais de 10 mil quilômetros separam a Amazônia do Egito, palco das principais discussões dessa edição da 27ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP27).  No entanto, imagens registradas nas regiões do Instituto Mamirauá, localizado no Norte do país, e exibidas no formato 360º deram aos visitantes a sensação de estarem na floresta.

Isso foi possível graças a atração interativa do estande do Brasil montado em Sharm El-Sheik, no Egito, para o evento: pessoas com um moderno óculos de realidade virtual girando em torno da cadeira, movendo o pescoço para cima e para baixo, e sorrindo, maravilhadas por sentirem a sensação de "andar", "navegar" e "sobrevoar a Amazônia. 

A atração, disponível no stand do Brasil durante o evento, foi realizada pela Secretaria de Comunicação Especial do Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Ciência, Tecnologias e Inovação (MCTI), com a participação do Instituto Mamirauá, entre outras organizações. 

As cenas exibidas mostraram parte das iniciativas pioneiras desenvolvidas por meio de programas de pesquisa, manejo de recursos naturais e desenvolvimento social, na região do Médio Solimões e de outras partes do estado do Amazonas.

Projetos como a da Pousada Uacari, de turismo de base comunitária na Amazônia, uma estrutura projetada de forma sustentável que é gerida, em sua maioria, por pessoas das comunidades ribeirinhas, e também o Programa de Manejo de Pesca que alinha a conservação de peixes amazônicos, como o do pirarucu, através de seu manejo sustentável, foram destaque nas filmagens.

A Fossa Alta Comunitária, com falas do pesquisador João Paulo Borges, uma ação do Programa de Qualidade de Vida, do Instituto Mamirauá, que contribui com a melhoria das condições de vida de moradores de áreas rurais da Amazônia também aparece no vídeo.

Todas essas ações são fundamentais para subsistência da população e manutenção das cadeias econômicas da região assim como os demais temas abordados no vídeo que foi produzido pela Secretaria Especial de Comunicação (SECOM) do Ministério das Comunicações, em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Ministério de Minas e Energia e Ministério do Meio Ambiente, especialmente para a COP 27.

A 27ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP27), evento que reúne líderes do mundo todo, começou no domingo (6/11) e se encerra neste sábado, (19/11). Na programação o foco foi a reiteração e cumprimento dos compromissos fixados anteriormente e das metas de redução da emissão de gases do efeito estufa estabelecidos em sessões anteriores, visando a acelerar a ação sobre as mudanças climáticas.


  

Mateus de Paula / Ruben Naftali
Mateus de Paula / Ruben Naftali
Mateus de Paula / Ruben Naftali

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: