Instituto Mamirauá - Conservação na Amazônia - Conserve a Amazônia - jogo - http://mamiraua.org.br/pt-br/reservas/conserve-a-amazonia-aplicativo-de-jogo/

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Reservas

Rafael Forte

Conserve a Amazônia - jogo

De um lado, o Instituto Mamirauá, uma instituição de pesquisa que trabalha em prol da conservação e do manejo sustentável na Amazônia, integrado com as comunidades locais.  Do outro lado, a Level-Up 4 Good, uma empresa que desenvolve aplicativos de jogos criados em parceria com instituições que atuam na conservação ambiental.

O encontro entre ambos teve como cenário a Pousada Uacari. De uma visita à iniciativa, que tem a gestão compartilhada entre comunitários e o Instituto Mamirauá, nasceu o jogoConserve a Amazônia”. Alicia Choo, responsável pela Level-Up 4 Good, visitou a Pousada em 2006 e se impressionou com o trabalho que o Instituto Mamirauá realiza. “Eu sabia que queria colaborar com o Instituto Mamirauá e com outras causas nas quais acredito, usando meus conhecimentos de tecnologia da informação. Estabeleci parcerias e por meio da internet pude transpor barreiras de tempo e espaço, trabalhando no desenvolvimento do jogo em conjunto com o Instituto Mamirauá”, conta Alicia.

O aplicativo foi desenvolvido para a plataforma iOS e já está disponível para download, gratuitamente.  O jogo permite ao usuário conhecer mais sobre a Amazônia e  colaborar para conservá-la. A compra de upgrades e um canal direto de doação revertem recursos para o Instituto Mamirauá.  Uma estratégia atual e inovadora de financiamento, de educação ambiental e divulgação científica.

Como jogar

O jogo é voltado ao público infantil e traz sete animais como personagens principais: a onça-pintada; o macaco uacari; a preguiça; o peixe-boi; o jacaré; o boto e o acará disco. Do tipo match 3, o jogador precisa  alinhar três animais iguais para somar pontos. 

Alguns elementos surpresas também aparecem na tela, como o já citado acará disco, peixe ornamental que tem diversas cores e é um curinga, que pode formar trios e quartetos com os outros animais. Já a área desmatada atrapalha seu jogo e só desaparecerá com a ajuda de um comunitário morador da reserva. Cada um desses elementos é um ícone diferente dentro do jogo e aparece conforme o jogador vai mudando de fase.  O jogo também traz informações extras sobre cada um dos animais personagens, sobre o trabalho do Instituto Mamirauá e de seu fundador, o primatólogo José Márcio Ayres.

Financiadores